Teto colorido: 15 Inspirações para você renovar o seu ambiente

Tempo de leitura: 8 min

Escrito por gabriel
em fevereiro 10, 2023

Adicionar um teto colorido na sua decoração pode proporcionar muitas vantagens significativas, dando um ar completamente novo ao local.

Isso acontece porque o teto colorido possui a capacidade de proporcionar uma nova dinâmica ao lugar, em que uma cor a mais no ambiente pode adicionar ao piso laminado um ar novo, entre outros elementos que combinam bem com essa tendência.

Continue lendo esse artigo e compreenda um pouco mais sobre quais são as vantagens de adicionar cores diferentes no teto, ideias para melhor aplicá-lo, materiais necessários e muitos outros fatores para melhorar o seu cômodo.

Quais são as vantagens estéticas do teto colorido?

O teto colorido possui muitas vantagens, uma vez que, assim como uma alexa 4 geração está na moda, esse estilo de decoração também está. 

Além disso, a distribuição assertiva de cores possui a habilidade de transformar o ambiente, adicionando mais vida e melhorando significativamente o local em relação a sua estética.

Essa nova forma de decoração é uma tendência no mercado, onde o teto colorido tem sido cada vez mais adotado pelas pessoas como uma alternativa aos elementos que compõem o cômodo.

Dessa forma, desde ripas de madeira a diversos elementos diferentes podem compor bem o local, se encaixando com as cores ao serem bem selecionadas e aplicadas.

As casas e os escritórios já possuem elementos coloridos nas paredes, sendo esse um fator comum em vários lugares diferentes, como uma forma de compor o cômodo com cores mais vivas e vibrantes.

Com isso, é possível que você já tenha visto uma empresa de energia solar utilizando essa tática na residência de um amigo, sendo comumente usada para destacar um ambiente tanto em escritórios como em residências.

Entretanto, as cores no teto dão uma nova dinâmica ao uso das cores nos quartos, uma vez que os cômodos acabam conseguindo se transformar com personalidade e receber uma nova percepção de espaço que, sem elas, pode ser muitas vezes escondida.

Assim, desde um lugar pequeno a um amplo, cada cor possui a habilidade de causar um visual diferente que pode ser adotado tanto para delimitar áreas quanto para garantir um certo grau de sofisticação ao ambiente.

Dessa forma, essa é uma opção perfeita para quem deseja investir em uma estética nova na sua casa e o completar com muita personalidade.

Normalmente, o mais comum é encontrar o teto pintado de branco, em que desde uma empresa de instalação elétrica a uma loja de roupas utiliza essa estratégia com o intuito de iluminar melhor o ambiente.

Isso acontece porque, mesmo que as paredes sejam coloridas, o teto em branco possui a capacidade de permitir que reflita e leve uma maior claridade ao espaço, mesmo com as luzes apagadas.

Entretanto, apostar em tetos coloridos não significa que o cômodo ficará escuro, mas sim que deverão ser analisados alguns elementos que compõem o ambiente para uma melhor distribuição de luz.

Para que isso aconteça, você deve avaliar tanto o tamanho quanto o pé-direito do ambiente, em que se ele for pequeno e com a distância entre o piso e o teto sendo reduzidos, o melhor é optar por cores claras.

Todavia, ainda é possível ousar com uma tonalidade mais escura no teto, mesmo que em parte dele, ao usar uma cor branca bem pura nas paredes.

Quais são as melhores cores para esse objetivo?

Não existe uma cor específica que seja a mais recomendada para pintar o teto. Entretanto, caso não esteja acostumado com cômodos que possuem uma cor mais vibrante, o ideal é investir em tons pastéis, como o azul claro, verde ou um tom de rosa mais claro.

Além disso, caso deseje posteriormente pintar o teto com cores mais vibrantes, já estará mais acostumado com a estética colorida.

Outro ponto muito importante é que deve se atentar às cores que já estão presentes no ambiente, onde, por exemplo, tábuas de madeira maciça e móveis rústicos combinam com determinadas cores enquanto outros componentes combinam com outras.

Por esse motivo, é muito importante analisar o seu cômodo e as cores que realmente combinam com o lugar, trazendo uma harmonia ao ambiente que prevaleça em todos os cantos da decoração.

15 ideias para teto colorido

Normalmente, o teto não é uma das prioridades quando se pensa em reformar ou renovar um ambiente, sendo muito comum pensar primeiro em instalar um ar condicionados daikin ou outros equipamentos necessários, além da disposição dos móveis e entre outros fatores.

Isso acontece porque um dos principais pontos que devem ser analisados em um cômodo é a disposição dos elementos para um melhor aproveitamento do espaço.

Entretanto, um teto colorido pode fazer toda a diferença em uma decoração, uma vez que, como já mencionado, ele possui a capacidade de proporcionar mais vida ao ambiente. Com isso, dentre as principais ideias para um teto colorido, podem-se citar:

  1. Contraste;
  2. Ponto de cor;
  3. Cores mais sombrias;
  4. Delimitando o espaço;
  5. Cores diferentes;
  6. Tons delicados;
  7. Teto com várias cores;
  8. Monocromático;
  9. Combinação com mobiliário;
  10. Cores escuras;
  11. Ambientes clássicos;
  12. Turquesa;
  13. Cinza e rosa;
  14. Combinação com plantas;
  15. Leveza.

Essas são as quinze ideias de decorações para obter um teto colorido e harmonioso com o seu cômodo de escolha.

Contraste

É possível adicionar um contraste ao ambiente, onde paredes em azul e o teto rosa, por exemplo, proporcionam uma característica única.

Ponto de cor

Cômodos muito neutros podem possuir um ponto de cor no teto, dando um destaque mais ao local.

Cores mais sombrias

Não só as cores mais vibrantes e pastéis podem ser usadas, como também as sombrias, onde um teto em tonalidade terrosa possui a capacidade de chamar a atenção, porém sem destoar do restante da decoração.

Delimitando o espaço

Existe a possibilidade de pintar dois lados opostos de um quarto com cores diferentes no teto, delimitando o espaço de cada habitante, por exemplo.

Cores diferentes

Cores diferentes possuem a habilidade de proporcionarem um certo destaque ao local, como uma cor alaranjada forte em uma sala, por exemplo.

Tons delicados

Assim como os tons pastéis, os tons delicados podem fornecer mais alegria ao cômodo, mas sem chamar tanta atenção.

Teto com várias cores

Existe também a possibilidade de pintar o teto com várias cores, onde se proporciona o efeito contrário dos tons pastéis, fornecendo muita alegria e atenção ao lugar.

Monocromático

Um ambiente monocromático também pode funcionar em muitas situações, onde não apenas o teto, como as paredes possuem a mesma cor.

Combinação com mobiliário

Você também pode pintar o teto na mesma cor de um móvel diferente que você possui, criando um efeito muito interessante.

Cores escuras

Um bom contraste a ser adicionado também pode ser feito com um teto preto e paredes brancas, criando uma dinâmica única.

Ambientes clássicos

As casas modernas, com automatização residencial e outros equipamentos eletrônicos, não são os únicos que podem pintar o teto. Uma vez que ele também pode combinar muito com componentes mais clássicos, como um verde escuro compondo móveis mais antigos.

Turquesa

A cor turquesa é uma ótima opção devido a sua habilidade de transmitir personalidade e, ao mesmo tempo, leveza ao ambiente.

Cinza e rosa

A combinação entre as paredes em cinza e o teto rosa também podem ser uma ótima opção para adicionar em um cômodo.

Combinação com plantas

O azul claro é uma boa opção para quem gosta de plantas, uma vez que essa cor se adequa bem com um ambiente mais natural.

Leveza

Por fim, como já mencionado, você pode optar por tons pastéis e cores mais claras, trazendo leveza ao local.

Quais são as etapas para pintar o próprio teto?

Existem algumas etapas que devem ser seguidas para pintar o seu teto e criar um ar novo para a sua casa.

O primeiro passo é comprar o material que será utilizado no processo, sendo esses: plásticos ou sacos de lixo para cobrir os móveis, fita para pintura, pincel, rolo de pintura, bandeja, tinta, primer ou uma tinta básica.

Após essa aquisição, é preciso se atentar ao tipo de teto que você possui, uma vez que essas etapas são específicas para o tipo liso.

Existe ainda o teto texturizado, em que caso esse seja o seu, é preciso tomar alguns cuidados, como diluir a tinta para que ela não pingue, pintar o teto em uma direção primeiro para depois pintar na oposta e utilizar pincel chanfrado e spray para retoque dos cantos.

Todavia, antes de mais nada, é necessário cobrir tudo, com o intuito de não sujar os seus móveis ou outras superfícies que devem permanecer intocadas. Nisso, o ideal seria retirar o objeto, mas caso isso não seja possível, basta o cobrir com o saco plástico.

Depois disso, é preciso demarcar as bordas, usando a fita, demonstrando até onde a pintura deve chegar, cobrindo também os dutos de ventilação que fiquem próximos ao teto.

Outro processo importante é pintar, com o pincel, os cantos do teto, com o intuito de obter uma maior precisão e alcançar todas as arestas que o rolo, normalmente, não consegue.

Caso o seu teto já possua uma cor forte ou manchas, o mais recomendado é usar um primer, com a finalidade de obter uma cor mais uniforme ao acabar.

Por fim, é hora de usar o rolo de pintura e fornecer um pouco mais de cor no ambiente, onde ao utilizá-lo, é preciso sempre remover o excesso de tinta na bandeja e também prestar muita atenção para aplicar a pressão correta ao pintar.

Isso acontece porque, enquanto muita pressão pode acabar deixando a tinta muito fina, o contrário também pode deixar ela muito concentrada e com manchas. Agora, basta aderir à tendência e adicionar um pouco de cor à sua casa.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade