Terapeuta tântrico: entenda tudo sobre

Tempo de leitura: 4 min

Escrito por admin
em abril 11, 2022

A cada ano que passa, a terapia tântrica tem se tornado mais conhecida e difundida. No entanto, por mais que isso seja verdade, não quer dizer que as pessoas entendam o conceito correto acerca desse assunto.

Na verdade, ainda há muita desinformação a respeito desse assunto. É provável que você já tenha ouvido falar desse conceito, mas será que entende, de fato, o que ele é, quais são seus objetivos e quais as técnicas aplicadas?

É bem provável que não. Afinal de contas, trata-se de uma terapia recheada de pré-conceitos. E a melhor forma de evitar esse tipo de problema é através da informação. O papel do terapeuta também é entalhado de dúvidas.

O que ele faz? Como deve ser feito o seu trabalho? Com quais questões ele lida? Dúvidas como essas são comuns, em especial para quem é leigo no assunto. No entanto, se você quer saber um pouco mais sobre a terapia tântrica, é só continuar nesse artigo, onde iremos dar todas as respostas.

Afinal, o que é terapia tântrica?

Primeiro de tudo, é fundamental deixar uma coisa bem clara: terapia tântrica não é sexo. Então, ao comparecer a esse tipo de terapia, com esse objetivo, com certeza a sua sessão será muito frustrada, pois não é disso que se trata.

O papel do terapeuta tântrico é o de desprogramar conceitos. Isto é, quebrar paradigmas, a fim de limpar o seu corpo de todos os padrões e condições que ele tenha devido aos estímulos que recebe. Fazer essa terapia é uma grande liberdade.

A terapia tântrica é algo sério, que visa auxiliar os seus pacientes a dar um fim em uma série de problemas. Para isso, deve-se aplicar um conjunto de técnicas que, quando bem feitas, alteram a percepção e bioquímica que se tem no nosso corpo.

Desmistificando a terapia tântrica

Entenda: o terapeuta vai trabalhar com a seu sexualidade, e não com sexo. Então, o profissional deve apresentar uma série de recursos, os quais são sistematizados nessa terapia, sendo uma delas a meditação.

Afinal, ela auxilia a remover couraças que as emoções ruins podem proporcionar. Dessa forma, torna o corpo mais leve, limpando-o das somatizações que esse tipo de sentimento desagradável é capaz de ocasionar.

Fora isso, as meditações também trabalham a produção hormonal de algumas glândulas, as quais gera descarga de serotonina, ocitocina e demais hormônios ligados não só ao prazer, como também a alegria. Daí vem a sensação de bem-estar ao final da sessão.

Ademais, entenda que terapia tântrica e massagem tântrica não são as mesmas coisas. A massagem é apenas um dos trabalhos que o terapeuta do tantra é capaz de fazer. E, para esse tipo de massagem, o propósito é diferente do convencional.

De início, a massagem tântrica visa espalhar sensações orgásticas por todo o organismo. Dessa forma desencadeia grupos musculares talvez nunca antes usados no orgasmo. Essa técnica visa expandir ou prolongar os efeitos terapêuticos do orgasmo.

Então, a massagem é capaz de tonificar e fortalecer os músculos genitais, o que é capaz de possibilitar níveis maiores de bioenergia. Assim como um atleta precisa preparar o seu corpo, a fim de aguentar maiores níveis de exigência, o mesmo ocorre com os músculos penianos e vaginais.

Para o que serve a terapia tântrica?

A terapia tântrica tem mostrado ser muito útil para tratar diversos problemas e disfunções sexuais, tanto femininas como masculinas. A exemplo, podemos citar:

  • Anorgasmia;
  • Problema de ereção;
  • Ejaculação precoce;
  • Dispareunia etc.

Fora isso, como esse tipo de terapia mexe com a bioquímica do cérebro, produção hormonal e alguns outros aspectos da sensibilidade, a terapia tântrica pode fazer com que a pessoa conheça outros estados de consciência, isto é, apresentar um caráter meditativo.

Então, todo esse processo acaba por mudar a forma como você encara a sua própria sexualidade. Afinal de contas, tira o foco do orgasmo psicogênico, mas reativa o centro sexual original do nosso corpo, que fica localizado na base da coluna, no chackra swadhisthana.

Assim, trata-se de uma jornada que remove os pensamentos e artifícios da mente, mas que se preocupa em levar às sensações do corpo.

Principais benefícios

Assim como pôde notar, há vários benefícios que envolvem esse tipo de prática, seja ela por intermédio da meditação, seja através da massagem ou por qualquer outro tipo de abordagem.

Mas, abaixo, você vai encontrar algumas das principais mudanças a se esperar, assim que começar a aplicar essa terapia no seu dia a dia:

  • Libertar-se de repressões sexuais;
  • Aumento da libido;
  • Tratamento da anorgasmia;
  • Alívio de tensões musculares;
  • Desenvolver laços mais profundos com parceiros sexuais;
  • Redução de dor durante o ato sexual;
  • Tratamento de disfunções sexuais;
  • Aprimorar os sentidos de todo corpo;
  • Redução de stress e ansiedade.

Qual é o papel do terapeuta tântrico?

O papel do profissional é apenas ser um canal para que o paciente trabalhe seu próprio corpo, energia e prazer. Então, o terapeuta está presente apenas como uma forma de demonstrar auxílio e, por isso, de forma alguma deve tomar o protagonismo.

O grande erro de algumas pessoas é depositar todas as expectativas sobre o terapeuta, mas não é assim que deve acontecer. Muitos estão condicionados a procurar o próprio prazer no outro. No entanto, o Tantra é uma ferramenta que ajuda a desmistificar isso.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade