Organização em rede: entenda como a atuação de empresas pode beneficiar o mercado 

Tempo de leitura: 7 min

Escrito por gabriel
em abril 6, 2023

Vivemos em um mundo cada vez mais tecnológico, seja pela globalização ou até mesmo as transformações digitais nas empresas, e tudo isso tem afetado de maneira positiva a  organização em redes.

Esses fenômenos da modernidade têm feito com que as organizações comecem a repensar suas estruturas organizacionais, além de toda sua dinâmica, seja interna ou externa.

É justamente neste cenário de respostas às transformações globais que surgem as organizações em rede, que foi a maneira que as empresas encontraram para serem competitivas no mundo corporativo.

As organizações em rede é quando uma empresa de pintura eletrostática realiza o compartilhamento de informações, competências e conhecimentos entre empresas.

Isso fez com que as empresas passassem a atuar conectadas em uma rede de modo a maximizar sua geração de valor, dessa forma cada uma faz aquilo que possuem mais aptidão e compartilha com as demais.

Ficou confuso e curioso para saber como funciona a organização em rede? Não se preocupe, neste artigo você irá encontrar as melhores informações sobre esse tema. Confira!

Afinal, o que são organizações em rede?

Antes de se aprofundar no conceito de organizações em rede, é preciso entender o que é uma rede. Bom, podemos defini-la como um sistema que nos conecta por meio de links, e esses links são as empresas que irião se conectar entre si.

Com isso em mente, saiba que as organizações em rede atuam de forma individual, porém trabalham juntas para atingir um propósito em comum, que seria o objetivo principal que pode ser o crescimento, aumento do capital ou reconhecimento do mercado.

Funciona assim: uma empresa de máquina de demarcação viária, por exemplo, conecta esses links com outras organizações, tudo isso é feito através de acordos e interesses mútuos que são compartilhados.

Dessa forma, se eles forem trabalhados de forma adequada, conseguirá uma cooperação que trará resultados positivos para todos os integrantes da rede. Sabe aquele ditado “uma mão lava a outra”? Então, é basicamente sobre isso.

Através dessas relações, empresas de aluguel de compressor de ar, de tecnologia, varejo e várias outras fazem parte da mesma rede, e com isso cruzam fronteiras com facilidade, fluindo de uma forma positiva sem nenhuma barreira.

Em um mundo cada vez mais competitivo, onde vemos as empresas cada vez mais querendo engolir as outras, é até estranho se deparar com esse tipo de modelo, não é mesmo? Mas saiba que esse sistema é muito funcional.

Toda comunicação é feita de maneira informal e a hierarquização tradicional da forma como conhecemos cheia de burocracia perde sua força, dando espaço para um novo tipo de organização.

Neste modelo, os link entre as empresas são feitos de diversas formas e em diferentes direções, e suas intenções tendem a ser:

  • Firmar parcerias;
  • Estreitar relacionamentos;
  • Juntar forças;
  • Se ajudarem para alcançar objetivos em comum.

Um bom exemplo de organização de rede é quando vários pequenos negócios como lojas de conveniência, empresas de impressora datadora e outras se juntam para competir contra grandes corporações.

Esse modelo de negócio é benéfico?

Você deve estar se perguntando se a organização de rede vale mesmo a pena, afinal vivemos em um mercado cada vez mais competitivo, e isso mostra que a união é importante para sobreviver nesse universo.

Por isso, empresas que atuam em rede conseguem se beneficiar de diversas formas. Pense que para uma loja de pregadeira pneumática conseguir crescer sozinha, pode ser bem difícil, porém com a ajuda de outras, essa missão se torna mais simples e eficaz.

Um grande benefício é aumentar o potencial de conhecimento da empresa, afinal a troca de experiências entre as organizações é constante, dessa forma você terá ótimos insights devido a essa troca de ideias.

Com isso, da mesma forma que você consegue ajudar uma empresa de cabo de alimentação da fonte com questões administrativas, por exemplo, ela pode te ajudar com assuntos financeiros ou de pesquisa de mercado, enfim, são inúmeras as opções.

Além desse benefícios, podemos destacar o aumento da competitividade, já que as empresas que participam das organizações em rede se tornam mais competitivas no mercado, pois atuam em conjunto, somando suas formas e aumentando as vantagens.

Afinal, uma pequena empresa que desenvolve o serviço de TCRA sozinha pode não significar muito, mas é aliada com negócios do mesmo segmento que consegue se manter mais forte, crescendo no mercado.

Através do conhecimento, da troca de experiência e da ajuda de todos que estão juntos nessa organização de redes é possível:

  • Crescer no mercado;
  • Conseguir novos clientes;
  • Aumentar o conhecimento;
  • Aumentar a competitividade no seu nicho;
  • Tornar os lucros mais vantajosos.

Enfim, através da organização de rede a sua empresa consegue fazer diversas coisas que sozinha não teria capacidade. Esse é um modelo de negócio muito útil e sustentável, pois se cria uma verdadeira comunidade de empreendedores.

Vantagens da estruturação em redes

Bom, agora que você já conhece a organização de redes, é importante saber quais benefícios sua empresa pode ter ao iniciar esse modelo de negócio, e é importante ressaltar que os empreendedores participantes aprendem novas habilidades e conhecimentos.

Além disso, é possível obter legitimidade, melhorar o desempenho econômico e gerenciar a dependência de recursos, sem contar os benefícios e assistência sociais não intencionais. Veja a seguir alguns benefícios da organização de redes.

Aprendizado

Como já mencionado neste texto, o aprendizado é uma grande vantagem para as empresas que adotam esse modelo de negócio, e existem duas maneiras de promover essa aprendizagem.

A primeira delas é encorajar a aprendizagem, promovendo a transferências de informações autônomas, ou seja, ensinando e aprendendo de acordo com as experiências individuais de cada um.

Uma outra forma de aprender é incentivando novas sínteses de informações diferentes das informações anteriores que existiam entre essas empresas. Em outras palavras, em vez de alimentar os conhecimentos já existentes, novos conhecimentos podem surgir.

Ou seja, a troca de informação entre diversas empresas consegue gerar um novo conhecimento mútuo e que será compartilhado por todos, gerando um polo de inovação que está em constante transformação.

Benefícios econômicos

Bom, qualquer negócio, seja ele uma loja de doces ou uma empresa de nobreak onda senoidal pura, lucra e tem benefícios econômicos, afinal é o capital que faz com que o negócio cresça no mercado e tenha um bom retorno.

Diante disso, a organização de redes consegue gerar ótimos benefícios no campo econômico, tanto referente a custos como em qualidade, isso acontece devido às formas de estruturação das organizações que reduzem os custos de transações.

Com isso você mantém a sua empresa em conjunto com outro, fortalece essa rede e ainda consegue se beneficiar economicamente com isso.

Legitimidade e status

Neste caso, a legitimidade é alcançada através da parceria. Vamos pensar como consumidores: se você vê uma empresa grande que tem reconhecimento no mercado indicando uma outra melhor que você nunca ouviu falar, você irá dar chances para ela?

Muito provável que sim, afinal uma empresa com tanto reconhecimento no mercado não iria sujar o seu nome indicando produtos e serviços que não são confiáveis, isso impulsiona as vendas de todos os empreendimentos envolvidos.

Dessa forma, a empresa maior consegue fazer com que a que era pequena e desconhecida cresça no mercado, afinal o que um empreendimento precisa é de oportunidades, e isso pode ser alcançado graças a organizações de redes.

Intercâmbios de conhecimento

Essa troca de conhecimento é muito importante e sustentável para as empresas. Podemos usar um bom exemplo para te ajudar a entender como a organização de redes é benéfica não só para os empreendimentos, como também para os consumidores.

Podemos citar as redes de software e código aberto, pelas quais os designers de software trocam códigos de geração de programas sem sistemas de patente ou royalty, essa é uma forma de todos compartilharem os seus conhecimentos para um bem maior.

Com isso o sistema funciona por meio de um mecanismo que pode ser comparado com o de publicações científicas. A recompensa disso tudo é o reconhecimento da competência da fonte que pode ser tanto um indivíduo como uma empresa.

Além disso, é recompensador toda a aprendizagem, dessa forma todas as pessoas envolvidas acabam aprendendo e ajudando uns aos outros em uma forma de união de conhecimentos e métodos.

Isso mostra como a organização de redes é benéfica para diversos setores, seja do ramo de varejo e até mesmo da tecnologia, isso mostra que graças à união de conhecimento e forma de vontade, todos podem crescer juntos.

Esse meio de negócio é importante principalmente para pequenas empresas do mesmo bairro, que podem se juntar e com isso criar uma rede de compartilhamento, com isso será possível crescer no mesmo ambiente sem competitividade.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade