O que é contabilidade ambiental?

Tempo de leitura: 7 min

Escrito por lucas
em outubro 26, 2022

A contabilidade ambiental é uma questão que vem sendo cada vez mais exercida pelas empresas, tanto as de pequeno porte e que estão começando quanto as grandes que já possuem um maior tempo de atuação.

Sendo uma ferramenta que é cada vez mais necessária devido à consciência do mercado em relação à natureza, a contabilidade ambiental é o registro e também o controle de dados das ações da companhia que acaba se relacionando com a natureza.

Por exemplo, se uma entidade que faz polimento de metal atua dentro do mercado há algum tempo, é fundamental que se tenha a contabilidade ambiental para ter uma base de dados se algo está sendo refletido na natureza.

O tópico de meio ambiente está sendo cada vez mais popular e vem se tornando uma preocupação na sociedade, especialmente em relação ao mercado que é um dos setores que mais impacta diretamente.

Desde as transformações que passaram a serem feitas de forma cada vez mais constantes a partir da Revolução Industrial, que se reflete em empresa de içamento, o meio ambiente acabou entrando em pauta com a observação de que muitos recursos iriam se esgotar.

E sabendo que o planeta necessita de um equilíbrio para ter um bom funcionamento, planejamentos e ações começaram a fazer parte do mercado para que possa haver atividades, mas de uma forma equilibrada e sem muitos impactos.

Uma empresa que realiza a contabilidade ambiental pode fazer com que as ações da empresa que interferem no meio ambiente possam ser melhor administradas e até mesmo combatidas.

Contudo, para que isso ocorra, é fundamental compreender suas importâncias e vantagens antes de se criar um planejamento que acaba gerando uma credibilidade ao empreendimento dentro do mercado.

De modo que, em coletivo e em um determinado prazo, as mudanças podem ser não apenas acompanhadas pelos empreendimentos, como também pela própria sociedade e, assim, evitar consequências graves que são irreversíveis.

Importância e vantagens da contabilidade ambiental

Quando uma empresa de polimento piso granito busca saber a importância de se ter uma contabilidade ambiental, alguns pontos podem ser abordados como:

  • Controle dos impactos;
  • Redução de custo;
  • Decisões assertivas;
  • Maior transparência com o público.

Sendo um dos principais ramos que acabam explorando a natureza de uma forma mais direta e, em alguns casos, desenfreada, o mercado possui grandes vantagens ao criar uma forma de funcionamento ainda que se tenha um controle dos impactos.

Além de fazer com que o sistema de operação seja produtivo e que tenha bons lucros, a contabilidade ambiental permite que até mesmo um padrão seja elaborado para fazer barras roscadas trapezoidal, por exemplo.

Assegurando que, tanto a natureza não seja impactada quanto as finanças da empresa, que acabará tendo uma percepção de que há uma redução dos custos em algumas etapas devido à tomada de decisões mais assertivas.

Isso permite que a empresa também se torne mais transparente dentro do mercado, fazendo com que o consumidor perceba que suas operações não são falsos discursos de preocupação com a natureza.

Resultando em uma grande credibilidade e referência dentro do nicho de atuação e, com isso, fazendo com que os consumidores que se identificam com este posicionamento do empreendimento se fidelizem ainda mais.

A importância da preservação do meio ambiente é um assunto debatido tanto dentro do mercado como fora e, dessa forma, é fundamental que as empresas saibam se adaptar para que possam operar, ter lucros e, ainda assim, conservar a natureza.

De modo que taxas e outros incentivos fiscais se tornem menores para que, assim, o financiamento do empreendimento possa ocorrer sem grandes problemas e com uma boa margem de lucro.

Adaptar um empreendimento para que as questões ambientais sejam uma prioridade é algo importante e, por isso, quanto mais compreendido for o seu funcionamento, melhores serão os resultados.

Entenda como ela funciona

Se uma fabricante de galpão concreto pré moldado deseja implementar a contabilidade ambiental dentro da instituição, um dos pontos importantes para se ter o conhecimento é que este formato de registro funciona como um relatório.

Onde, ao estar relacionado com o meio ambiente e a empresa, aponta quais são os benefícios e os prejuízos que se está tendo de forma monetária para que, desta forma, a empresa saiba quais ações devem ser tomadas.

Tanto para poupar ou aumentar o orçamento quanto também em relação ao meio ambiente do qual pode apresentar as soluções que contribuam para a adoção de estratégias com um viés ecológico.

Por isso, é importante compreender que os conceitos que estão ligados à contabilidade ambiental se referem às despesas da empresa, os custos naturais, perdas e receitas, além dos gastos ativos e passivos.

Outro ponto que também acaba sendo incorporado dentro da contabilidade ambiental são os casos de recuperação de áreas verdes que foram prejudicadas pela empresa, tanto por causa da instalação no local quanto os dejetos que são lançados diariamente.

Por exemplo, se uma fábrica de bateria usada para carro interferiu em uma pequena área verde, na contabilidade ambiental, os gastos para que esta área possa ser restaurada ou ter uma manutenção constante é incluído nos gastos.

Portanto, o funcionamento da contabilidade ambiental deve estar sempre em dia com a empresa e constantemente atualizada de acordo com a sua situação, para que os danos que estão sendo causados sejam revertidos de algum modo.

Práticas ecológicas para empresas adotar

Se uma empresa planeja em conjunto com a contabilidade ambiental adotar medidas que possam refletir bons resultados na natureza, e solidificar ainda mais a sua credibilidade, é importante que ações internas também sejam feitas.

Uma delas é o descarte correto do lixo, sendo ele orgânico ou eletrônico, de modo que busca por parcerias com cooperativas especializadas em dar um final correto para estes dejetos é algo positivo e que pode ser avaliado.

Outro ponto que também pode contribuir com a contabilidade ambiental do empreendimento, é usar a água de modo consciente, evitando o desperdício e criando oportunidades para coleta e reuso.

De modo que, não apenas contribui para a natureza, mas também para a contabilidade do empreendimento, gerando economia que contribui para atualizações em outros departamentos que ajudem no crescimento da empresa.

Contribuir com as leis de ecologia de uma região é algo importante e essencial ao empreendimento, por isso, buscar cumprir o que está determinado também permite que a empresa opere de modo regular diante as fiscalizações.

O que é o greenwashing?

Com a necessidade do mercado adotar cada vez mais um viés ecológico, desde uma fabricante de disco de desbaste para esmerilhadeira ou uma companhia de cosméticos, alguns empreendimentos podem se aproveitar de outro modo destas ações.

Conhecido como greenwashing, esta prática é adotada por empresas que propagam que a ecologia está presente dentro dos seus produtos, serviços e até mesmo com consumidores, contudo, não possui qualquer comprometimento.

Pelas cobranças que a sociedade e até outros empreendimentos exercem para que as mudanças sejam feitas, as organizações que propagam o greenwashing demonstram que suas ações ou seus produtos contêm uma ligação com a natureza de forma positiva.

Sendo que, em muitos casos, ocorre o oposto ou nenhuma proteção com áreas verdes que foram danificadas e nem a preocupação para tentar diminuir os impactos em áreas que a empresa teve ligação.

A prática do greenwashing não prejudica somente a natureza, como também o nome e a visibilidade com o mercado, fazendo com que outros consumidores desconfiem se a prática dos outros negócios é real ou não.

Considerações finais

Com o avanço do mercado cada vez mais constante desde a Revolução Industrial, e ações como restauração de tacos antigos, por exemplo, poderiam gerar alguma interferência ambiental, passaram a ser um tópico constante na sociedade.

Desde que a sociedade se deu conta de que muitos recursos usados não seriam completamente infinitos, a pressão em cima do mercado para que práticas ecológicas fossem sendo adotadas aumentou ao longo dos anos.

Isso porque o setor é um dos que mais geram prejuízos como desmatamentos e poluições em meios terrestres, aquáticos e aéreos, prejudiciais não apenas a natureza, mas a saúde humana.

A contabilidade ambiental é um relatório do qual todos os dados envolvendo os gastos da empresa são inscritos e, com isso, ajudando a ter uma percepção das mudanças que podem ser feitas de modo que não agridam o meio ambiente.

Em alguns casos, os custos para que reparos sejam feitos são incluídos como uma forma de repor aquilo que foi danificado e, dessa forma, permitir que a entidade ganhe alguma credibilidade dentro do mercado quando feito de modo genuíno.

Cuidar dos recursos naturais é algo importante dentro da sociedade e, principalmente, do mercado, que possui uma ligação direta com eles. Portanto, buscar alternativas para esta proteção faz com que o meio ambiente possa se estabilizar ainda mais no futuro.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade