Marketing Médico: Como atrair pacientes com o Instagram

Tempo de leitura: 9 min

Escrito por diogo
em setembro 30, 2022

O marketing é uma estratégia para promover e fortalecer um produto, marca ou serviço. Por isso, visa conquistar clientes e destacar a marca no mercado. O mesmo se aplica ao marketing médico, contudo, nesse caso, algumas atenções devem ser tomadas.

Isso porque existem normas que regem o setor em relação ao que pode ser utilizado como publicidade e todo o processo comunicativo.

Com isso em mente, como tornar o marketing médico relevante na vida dos profissionais sem comprometer os princípios éticos?

De modo prático, entre algumas ações que podem ser aplicadas, estratégias de conteúdo tendem a se destacar. 

Assim, utilizando o Instagram para divulgar clínicas, consultórios e serviços, os médicos podem atrair mais pacientes, fidelizá-los e se tornar uma autoridade em sua área de atuação.

Quer entender a importância de aplicar o marketing médico em sua clínica e quais métodos adotar no Instagram? Continue lendo este artigo!

Como funciona o marketing médico?

O marketing médico é um conjunto de ações que visa aumentar a conscientização das pessoas sobre o trabalho de um profissional de saúde, conquistando mais pacientes e, assim, aumentando o faturamento da clínica e criando uma boa reputação.

As estratégias de marketing médico podem fazer, além de aumentar os lucros e a autoridade, diferenças significativas diante da concorrência.

Tudo isso porque é um meio de se comunicar ativamente com pacientes e pessoas interessadas – uma preocupação geral, tanto para médicos, quanto para uma empresa administradora de condomínio.

Veja como se destacar no Instagram

Hoje, é inegável a importância do Instagram para qualquer tipo de marketing. A rede social é baseada em fotos, amplamente disponível e muito benéfica para atrair clientes em potencial e novos pacientes.

No entanto, para se destacar e ter um perfil realmente relevante no Instagram, é preciso aplicar as estratégias certas. O que também é verdade para outros ramos, como uma empresas de limpeza e conservação

Confira nossas dicas para atrair pacientes no Instagram de forma ética e bem sucedida!

Dedique-se ao espaço de biografia

A bio é como uma versão moderna de um cartão de visita. Por isso, é fundamental ter cuidado ao desenvolvê-la e causar uma boa impressão. Lembre-se que esse espaço também pede por uma estratégia para refletir sua marca.

Assim, inclua todas as informações necessárias no perfil, como:

  • Horário de funcionamento;
  • Dados de contato;
  • Endereço;
  • Especialidade.

Além disso, escolha bem a sua foto de perfil, que deve corresponder à identidade visual da clínica.

Defina um tom para as postagens

Para que suas postagens tenham um bom engajamento, você deve conhecer seu público-alvo, como também acontece em perfis de serviços contabilidade.

Claro, isso também dependerá de sua prática. Fatores como faixa de idade, gênero e classe social do paciente afetam diretamente no tipo de postagem que você criará em seu Instagram.

No entanto, um conselho geral é evitar jargões técnicos e traduzir as informações para uma linguagem mais comum. Afinal, o objetivo é aproximar a comunicação e potenciais pacientes.

Trabalhe com várias linhas de conteúdo

Um perfil organizado e apenas bonito pode não ser tão efetivo se as pessoas não estiverem interessadas nos materiais publicados nele. Ou seja, mais do que apenas estética, é crucial agregar valor.

Com isso em mente, você precisa trabalhar com conteúdo que não apenas promova seu trabalho, mas seja relevante para seu público.

Para isso, você deve alternar posts que forneçam informações sobre procedimentos, por exemplo, com posts que forneçam conselhos de saúde, e outros que abordem as especialidades atendidas.

Manter seus seguidores interessados e informados, ampliando a confiança na clínica, ​​deve ser a principal missão de suas postagens, ainda mais em se tratando de medicina.

Do mesmo modo que as pessoas têm interesse em entender a importância da avaliação de conformidade, elas vão desejar saber tudo sobre um procedimento estético ou um tratamento de saúde.

Invista em publicidade

Anteriormente, se você tivesse 1.000 seguidores no Instagram e publicasse algo, provavelmente seus 1.000 seguidores veriam sua postagem ao rolar o feed em algum momento. Ou seja, o alcance orgânico era de 100%.

Hoje, contudo, esse alcance orgânico caiu para uma média de 3% a 5% – é por isso que, às vezes, você vê perfis com um grande número de seguidores e poucas curtidas e comentários, pois a entrega é atrelada a esse engajamento.

Para evitar esse problema, você precisa promover seus artigos de uma maneira que alcance tanto as pessoas que já o seguem quanto para novas pessoas. 

Ou seja, pacientes em potencial que nunca ouviram falar de você mas podem ter interesse em seu serviço, a partir de interações e buscas realizadas.

Mas lembre-se: as publicações devem ser de cunho informativo, agregando valor aos potenciais contatos alcançados, levando-os a conhecer mais sobre os aspectos da saúde e o trabalho realizado.

Use os destaques a seu favor

Se a bio funciona como um cartão de visita das marcas, desde uma empresa de instalação de energia solar até clínicas de estética ou lar de idosos, os destaques agem como um “panfleto” em que você pode apresentar um pouco mais sobre o espaço, serviços e atendimento prestado na clínica/consultório. 

É aqui que o paciente verá a sua distinção, bem como informações mais específicas sobre a localização e especialidades com as quais você trabalha.

Organize o conteúdo em destaques para que seja claro e sempre acessível aos novos seguidores.

Agende suas postagens

Sabemos como o trabalho dos médicos é árduo e, às vezes, mesmo quando temos ideias e queremos publicá-las todos os dias, falta tempo.

Nesses casos, nada melhor do que agendar os posts da semana ou mês.

Assim, você reserva apenas algumas horas de um dia planejando e programando todo o conteúdo para os dias seguintes.

No final, você continua executando sua estratégia de marketing médico no Instagram e tem ainda mais tempo para fazer o que faz de melhor: atender seus pacientes.

Por que o Instagram é interessante para o marketing médico?

Com tantos pacientes em potencial navegando e interagindo com o feed do Instagram todos os dias, não fica difícil entender a importância de usá-lo como ferramenta de divulgação.

Embora ainda fique atrás do Facebook, em termos de número de usuários, ele ganha quando se trata de gerar engajamento – e é aí que as clínicas podem se posicionar e atrair pacientes estrategicamente.

Separamos as principais vantagens do Instagram para marketing médico, veja!

Foco no visual

Focado na entrega de fotos e vídeos (dois formatos preferidos pelos usuários), esse app tem forte engajamento e potencial de entrega de conteúdo.

Aqui, o texto funciona como um elemento complementar. A rede incentiva e facilita a criação de conteúdo inovador que encanta os usuários em formatos mais dinâmicos e de absorção rápida.

Assim, cabe ao profissional aproveitar essa diferenciação compartilhando imagens do consultório, gráficos atrativos, vídeos com dicas, dentre outras estratégias e materiais, conforme os objetivos e especificidades do local.

Muitos usuários

É uma rede amplamente utilizada pelos brasileiros, com usuários de diferentes faixas etárias e interesses, a rede é altamente estratégica para atingir e interagir com o público-alvo das empresas de administração de condomínios.

Vale ressaltar que, nesse ponto, outra característica muito importante da rede é tom pessoal, diálogo da forma mais direta possível com os usuários, impacto no dia a dia e geração de reconhecimento

Se você tem um perfil online, sabe que conteúdos mais informais fazem a cabeça de quem acessa o Insta diariamente.

Plataforma móvel

A rede é amplamente utilizada (tanto para consumo quanto para publicação de conteúdo) por meio de smartphones e outros dispositivos móveis.

Esses aparelhos fazem parte do cotidiano de todos e estão, praticamente, sempre acessíveis.

Cabe ressaltar neste ponto que também é possível publicar materiais através da área de trabalho do desktop. Mas a predominância dos celulares é uma realidade a ser levada em consideração, seja para médicos ou escritórios de contabilidade em São Paulo, atingindo muitos potenciais pacientes que também utilizam esses dispositivos.

Possibilita publicações de estilo de vida

Por causa de sua abordagem mais pessoal e conteúdo de estilo de vida, certos materiais têm mais poder de distribuição, bem como o potencial de crescimento mais fácil nas mídias sociais.

É o caso de áreas como cirurgia plástica, endocrinologia, urologia e dermatologia.

No que diz respeito à estética e bem-estar, esses espaços podem se beneficiar muito do apelo visual da ferramenta, além de uma abordagem mais compartilhável, com dicas, processos, impactos na vida e a importância da área.

Lembramos que imagens de “antes e depois”, intimamente relacionadas a procedimentos estéticos, são estritamente proibidas pelo CFM.

Marketing médico e suas limitações

Qualquer estratégia de comunicação para o setor da saúde deve começar com referência ao documento elaborado pelo Conselho Federal de Medicina.

Além de detalhar as regras, o documento também fornece exemplos de como e onde as informações necessárias em um anúncio devem ser inseridas.

Conheça algumas recomendações do CFM abaixo.

Use a linguagem certa

Para proteger a reputação dos profissionais, é proibido o uso de expressões sensacionalistas em conteúdos publicados por especialistas da prática médica.

Portanto, a ênfase dos textos deve ser institucional. Isso quer dizer não usar palavras como “maior”, “melhor”, “único” e outras expressões que indiquem superioridade.

A integridade e honestidade são essenciais na prestação de serviços médicos e na auditoria contábil.

Não use fotos de pacientes

A regra é muito clara em relação ao uso de fotos de pacientes: elas são proibidas, mesmo que o médico tenha obtido a permissão da pessoa.

É importante estar atento a esta regra, pois se aplica à publicidade, mas também às redes sociais, sites, e-mail e quaisquer outros canais de comunicação.

Não faça consultas gratuitas

Com a facilidade oferecida pelas plataformas digitais, há quem pense em utilizar esses canais para divulgar a profissão por meio de consultas gratuitas.

No entanto, o CFM é muito claro sobre esse tipo de estratégia: os canais digitais não podem ser usados ​​para a prática médica.

A razão é que se entende que os casos de saúde só devem ser tratados no ambiente certo, em que haja necessariamente interação entre o médico e o paciente.

Texto originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, canal em que você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade