Marketing direto: o que é e suas vantagens

Tempo de leitura: 7 min

Escrito por lucas
em setembro 30, 2022

A estratégia que leva o nome de marketing direto é usada por empresas que desejam passar mensagens mais direcionadas para as pessoas que conhecem e se interessam por ela.

Um dos seus maiores objetivos é garantir maior atração de clientes, além de criar uma boa relação que dure por muito tempo entre a marca e o público.

O marketing direto surgiu com o pensamento de que conquistar clientes que já conhecem e se interessam pela empresa que faz instalação de fechadura elétrica é muito mais fácil.

Isso porque uma grande parte desse processo é eliminada ao focar em pessoas que já conhecem o negócio e que não precisam ser apresentadas a ele.

Com isso em mente, o artigo a seguir explicará um pouco mais sobre essa vertente do marketing, sua importância, suas estratégias e até como aplicar o marketing direto em um negócio.

Porque o marketing direto é importante?

O marketing direto se mostra muito importante para um negócio que vende máquina de café 3 corações, por exemplo, isso porque ele pode trazer uma série de vantagens com ele.

Essas vantagens são mensuradas em termos de bons resultados, menos custo, otimização dos tempos e também por ajudar a conhecer melhor os seus consumidores.

Ou seja, essa estratégia pode ser o que faltava para alavancar um negócio, então conheça as vantagens dele a seguir.

Saber com quem está falando

Quando a marca lida com um público que já conhece e que sabe que está interessado nos produtos ou serviços que ela está oferecendo, o tempo de atendimento pode ser otimizado.

Além disso, a força das vendas aumenta muito, pois o cliente se identificará com as estratégias de venda que a empresa criar e aplicar.

Ao saber com quem está falando, a marca pode criar um atendimento mais personalizado, além de criar mensagens mais focadas no que essas pessoas gostam.

Isso ajuda a chamar mais a atenção dessas pessoas interessadas na marca, aumentando esse interesse e as chances delas fecharem o negócio.

Melhora no ROI

O investimento tanto em dinheiro quanto em tempo na estratégia de marketing direto tende a ser muito menor do que em outras mais elaboradas.

É possível criar campanhas com conceitos totalmente simples e que serão as de maior sucesso na história da empresa que faz higienização poltrona.

Mas, mesmo assim elas devem ter toda a atenção, além de passarem por testes que ajudarão a saber quais as melhores e mais eficientes táticas para aplicar.

Quando uma estratégia apesar de simples é bem planejada, os retornos que esse investimento pode trazer podem superar todas as expectativas.

Criar campanhas mais rápido

É possível ter a ideia para uma campanha de marketing direto e no mesmo dia ela está rodando pelos canais do negócio depois de ser aprovada por todos os envolvidos.

A campanha pode ser criada rapidamente, e melhor de tudo, pode custar muito pouco, se pensar em um e-mail marketing, por exemplo. 

Para criar uma campanha nesse canal só é preciso ter uma vantagem real, criar textos de qualidade, um assunto que chame a atenção e que corrobora com a identidade visual da marca e algumas outras coisas.

Se um cadastro gratuito for feito na ferramenta, a economia será maior ainda, pois esse será um gasto eliminado dos demais.

Mensurar os resultados da estratégia

A possibilidade de medir os resultados de uma campanha mesmo quando ela ajuda está em andamento é algo que está presente em qualquer estratégia do marketing digital.

Uma campanha só poderá evoluir e otimizar cada vez mais os seus resultados se as métricas forem realizadas e levadas em conta.

Para o marketing direto essa “regra” também se aplica, até porque para cada conteúdo compartilhado, por exemplo, é essencial saber quantas pessoas tiveram acesso a ele e interagiram com a marca depois de vê-los.

Essas métricas podem ser usadas em qualquer canal, seja nas redes sociais, em blogs, em sites em e-mail e em vários outros, a partir disso é possível saber de onde os clientes estão vindo e quais canais precisam ser otimizados.

Quais as estratégias do marketing direto?

O marketing direto trabalha com algumas estratégias que ajudam a tornar o dia a dia das pessoas muito mais eficiente e a mostrar ao público que marca entende suas necessidades, alguma delas são:

Estratégia de venda pessoal

Na estratégia de venda pessoal é o vendedor de coifa industrial ilha que vai atrás dos clientes para fechar negócio e para criar uma relação de fidelidade.

Estratégia de catálogos

O uso dos catálogos, mesmo que seja uma maneira mais tradicional de vender, ainda é uma forma muito poderosa de divulgação de produtos ou serviços.

Estratégia de telemarketing

O telemarketing é a maneira de vender através de telefones, no marketing direto é uma das estratégias que mais funcionam porque os produtos e serviços são oferecidos de forma direta por ligação.

Estratégia de quiosque de autoatendimento

Os pontos de autoatendimento são uma grande inovação dos últimos tempos e estão crescendo cada dia mais, eles se destacam por ajudarem em um atendimento muito mais prático e rápido.

Como aplicar o marketing direto?

Depois de entender o que é o marketing direto, sua importância e conhecer suas estratégias é a hora de saber como aplicá-lo em um negócio que cria sistemas para distribuição de vagas de garagem, por exemplo. 

Para tanto, conheça a seguir algumas ações que ajudarão na criação de campanhas efetivas e que levarão o sucesso para o seu negócio.

  1. Descubra quem é seu público

O passo inicial de qualquer tipo de campanha de marketing é saber quem é o seu público.

Como no caso do marketing direto o público já é pré-definido por se tratar de pessoas que já expressaram interesse na marca, guarde algumas informações sobre elas como:

  • Idade;
  • Renda;
  • Gostos;
  • Onde moram.

Peça sempre a informação das pessoas para armazenar esses dados assim como as informações de contatos que elas disponibilizarem como e-mail, telefone ou redes sociais.

  1. Defina a abordagem mais adequada

Depois de saber quem é o público, é a hora de definir a abordagem mais adequada para o tipo dele, se é através de ligação, de e-mails ou outras formas de contato.

As informações como idade, por exemplo, podem ajudar a definir isso, pessoas mais velhas em suma se sentem mais acolhidos conversando por telefone.

Agora um público mais jovem pode se sentir mais à vontade conversando através de canais de mensagens como o WhatsApp.

Existem casos que também podem ser usados mais de uma maneira de contato, isso ajuda a mostrar ao cliente que ele é importante e vale o esforço.

  1. Escolha ferramentas eficientes

O terceiro passo é escolher as ferramentas mais adequadas e eficientes para seus objetivos e aprender a usá-las da maneira correta.

No mercado já existem uma série de ferramentas que podem ajudar em uma campanha, independente do segmento que ela seja.

Por isso, seja qual for o método escolhido para entrar em contato com as pessoas, não deixe de usar ferramentas para ajudar a otimizar mais esses processos.

  1. Desperte o senso de urgência no público

O senso de urgência é um dos maiores elementos do marketing, e se ele for estudado e aplicado da maneira certa pode trazer ótimos resultados a uma estratégia.

Se uma oferta de serviço de coleta e entrega tiver um tempo curto, por exemplo, os clientes se sentirão mais presos mais a comprar o serviço.

E se essa mesma oferta contar com um tempo muito extenso, ela não dará a atenção necessária, podendo até esquecer sobre ela e não aproveitando.

  1. Use métricas para otimização

Por fim, não deixe de acompanhar os resultados da campanha, pois estar a par do que está acontecendo pode ser o que salvará ela dos problemas.

Mensure cada resultado da campanha, indo do número de pessoas que tiveram acesso a ela até as que resolveram interagir e se converteram.

Além disso, como já mencionado, saber como está o andamento da empresa é essencial para saber quais métodos estão funcionando e quais precisam ser melhorados ou eliminados.

Isso ajuda também no planejamento das próximas campanhas, pois a marca que vende cesto aramado empilhavel saberá o que funciona e o que não funciona com seu público.

Considerações finais

Mesmo que o marketing direto conte com muitas estratégias no meio físico, ele pode ser aproveitado no mundo digital de inúmeras formas.

Isso porque, assim como antigamente, ele ajuda a aproximar os clientes em potencial da marca, fazendo com que eles se identifiquem com ela e tomem decisões mais rápidas.

Por isso, vale a pena levar o marketing direto para o seu negócio que trata de emergência canina, ou qualquer outra área.

Absorva as informações apresentadas no texto acima e procure as oportunidades que mais se encaixam nas estratégias criadas para o seu negócio e seus serviços ou produtos.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade