Dor de dente? Conheça as principais causas desse incômodo

Tempo de leitura: 3 min

Escrito por mcoutinho
em fevereiro 11, 2022

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

Dor de dente? Conheça as principais causas desse incômodo

Uma dor de dente pode ser ocasionada por vários motivos, entretanto, ela não deve ser tratada como algo normal. Isso porque esse incômodo pode ser a causa de algum outro problema mais grave.

Entre os vários problemas que podem causar uma dor dente, podemos destacar:

  • Cáries;
  • Bruxismo;
  • Pulpite;
  • Fluorose;
  • Dente quebrado;
  • Sensibilidade dental.

Em casos mais simples, causados por pequenas corrosões ou falhas, é possível solucionar o problema com a aplicação de facetas de resina. Em outros casos, pode ser necessário a realização de exames de imagem para avaliar a extensão do problema.

A dor costuma surgir quando o trauma se aproxima da polpa do dente, o que requer um rápido atendimento de um dentista, pois essa é uma região sensível, composta por vasos sanguíneos e nervos, que precisa de cuidado na hora da avaliação.

Além disso, se você utiliza algum tipo de aparelho ortodôntico, como alinhadores invisíveis, é preciso redobrar os cuidados para não prejudicar a evolução do seu tratamento ou danificar o seu aparelho.

Dessa forma, procurar por um dentista de sua confiança é o ideal nessa situação, pois somente uma avaliação profissional será capaz de identificar o foco da dor e realizar o tratamento necessário para cessá-la.

Como aliviar a dor de dente?

Uma dor de dente pode começar de forma leve e ir se intensificando caso não receba o tratamento adequado. Por isso, o mais indicado é procurar um dentista imediatamente, antes que o problema se intensifique.

Contudo, imprevistos podem ocorrer, como o seu aparelho dentário invisível quebrar e você estar de férias em um lugar distante ou não ter uma clínica 24h na sua região para atender emergências fora do horário comercial.

Nestes casos, é importante manter a calma e evitar a automedicação sem a recomendação do seu dentista, pois além de apenas mascarar o verdadeiro problema, utilizar um remédio inadequado pode causar efeitos colaterais indesejáveis e agravar o quadro clínico.

Para aliviar o incômodo até poder ir em uma consulta, faça uma compressa de gelo e coloque sobre a área afetada por alguns minutos. Com isso, é possível causar um alívio da dor devido a temperatura do gelo.

Outra alternativa que pode funcionar, é bochechar um pouco de água morna com sal. Essa mistura forma um antisséptico natural que pode aliviar a pressão causada por uma infecção no dente.

Para preparar a mistura, utilize uma colher de sopa de sal em um copo com água morna e boceje aos poucos, deixando a mistura agir por pelo menos 30 segundos antes de descartar na pia.

Lembre-se, nenhuma dessas soluções são definitivas, e servem apenas para proporcionar alívio da dor enquanto aguarda por uma consulta com um profissional. 

Se você utiliza facetas, tente contato com seu dentista antes de usar essa mistura, para não danificar o material. Somente um profissional de odontologia será capaz de identificar a causa da sua dor e oferecer o tratamento necessário para ela. 

Dicas para evitar a dor de dente

Normalmente, a dor de dente é causada pela cárie, fator que pode ser evitado realizando uma escovação adequada, além do uso do fio dental e de um enxaguante bucal recomendado pelo seu dentista.

Entretanto, existem várias outras causas que podem ocasionar uma dor dente, seja ela mais leve ou intensa. Além disso, ela pode atingir a gengiva e causar dores mais esporádicas ou latentes, dependendo do seu problema de origem.

Algumas pessoas podem sentir apenas a dor de dente, mas outras, dependendo da raíz da dor, podem sentir sintomas como dor de cabeça e até mesmo febre. 

Embora muitos desses fatores possam ser evitados com uma boa higiene oral, existem outros problemas que podem surgir devido alguma intervenção, como o uso de aparelho dental de porcelana, que pode causar algum incômodo durante os primeiros dias de uso.

Independente da origem da sua dor, o mais importante é realizar visitas periódicas ao seu dentista de confiança, pois isso evitará que surjam problemas mais graves, além de ser essencial para se certificar que sua escovação esteja correta.

Com uma rotina de higiene oral adequada e as consultas ao dentista em dia, as chances de ter uma dor de dente diminuem, evitando que ocorram problemas mais graves.

Portanto, lembre-se sempre de consultar um profissional de sua confiança, não somente no momento de dor, mas também como precaução para evitar problemas bucais mais sérios no futuro.

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Status Fit Center, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.