Interesse em dirigir cai entre a nova geração; entenda os motivos

Tempo de leitura: 7 min

Escrito por gabriel
em março 17, 2023

Se olharmos há 10 anos, os jovens mal esperavam completar os tão sonhados 18 anos justamente para tirar sua carteira de motorista e se aventurar e dirigir por toda a cidade, sendo essa ação parte até mesmo de um grande sonho.

Logo, era extremamente comum que assim que os jovens realizassem 18 anos eles corressem para a auto escola, visando a realização dos seus sonhos e dar esse primeiro passo em sua vida adulta.

Entretanto, um dado que tem chamado bastante atenção diante do mercado é uma queda de 4.872 milhões de pessoas que são habilitadas ao ser comparado ao ano que se passou.

Sendo assim, para que você tenha ideia, de acordo com o DETRAN SP se teve uma redução de 10,5% pessoas com carteira de motorista, analisando a faixa etária de 18 a 30 anos.

Dessa forma, diante dos dados apresentados fica claro que boa parte dos jovens têm abdicado desse sonho de tirar a sua habilitação e tem cada vez mais optado por aplicativos e soluções tecnológicas.

Por isso, a tecnologia e seu vasto campo de atuação também tem impacto na mobilidade da população, dando espaço para alguns aplicativos e fazendo com que parte do sonho dos jovens tomasse um novo rumo.

Afinal de contas, esses dados e informações são importantíssimas, pois essa questão relata até mesmo uma mudança em uma cultura que já se mostrava estabelecida a anos.

Pensando nisso, hoje iremos falar justamente sobre as carteiras de motoristas, evidenciando essa queda na busca pela habilitação, as causas para que isso esteja acontecendo e algumas opções de transporte para quem não deseja dirigir. Vamos lá!

A queda no interesse dos jovens na carteira de habilitação 

Se falássemos dessas mesmas informações há alguns anos, boa parte das pessoas nos julgariam até mesmo como lunáticos, pois boa parte da população tinha interesse e buscava constantemente tirar sua carteira de habilitação.

Hoje com uma evolução e até mesmo um dedo da tecnologia nos meios de transporte e logística, as pessoas têm mais opções do que antes, pois se olhássemos o passado para quem não dirigia só sobravam meios como o transporte público.

Diante disso, cada vez mais as pessoas veem na tecnologia a solução para os seus problemas, pois para quem deseja ter conforto e mesmo assim não quer tirar sua carteira de motorista, se tem aplicativos de transporte privados incríveis à sua disposição.

Logo, de acordo com alguns especialistas, esses fatores culturais, econômicos e tecnológicos estão totalmente associados à queda na busca pela carteira de habilitação e a esse novo pensamento estabelecido.

Hoje, diante de um desenvolvimento de software mais avançado e uma geração que busca prezar pela sua saúde, algumas opções que tem crescido são:

  • Carros de aplicativos;
  • Transporte coletivo;
  • Bicicleta;
  • Ciclomotores.

Além do mais, o que tem implicado e também sido um dos motivos para que a busca pela carteira de habilitação caia são os altos custos dos automóveis e duas manutenções, o que torna essa ação ainda mais trabalhosa.

Ou seja, com esse alto faturamento da indústria automobilística e a queda do interesse dos jovens em relação a essa ação, o cenário é que cada vez mais a tecnologia esteja no centro e esse cenário sofra algumas mudanças consideráveis.

Dicas para se planejar financeiramente para tirar a CNH

Por mais que o cenário apresentado anteriormente ainda seja muito presente diante da população, alguns jovens têm o sonho de tirar sua CNH, tendo essa espécie de representatividade de autonomia e maturidade.

Ou seja, por um lado a tecnologia e facilidade tem ganho cada vez mais força estando presente até mesmo através de um rastreamento de frotas e por outro temos as pessoas que buscam realizar seu sonho e ter essa autonomia a sua disposição.

Entretanto, ao tirar a CNH os motoristas também possuem uma série de responsabilidades, pois eles tendem a serem os principais responsáveis pela vida e bem-estar dos pedestres.

Logo, para te ajudar nesse desejo e até mesmo fazer com que essa ação não interfira em sua vida pessoal e projeto, confira algumas dicas para se planejar e tirar a CNH com o máximo de êxito.

Faça o curso teórico em um horário livre 

Uma boa dica para quem trabalha ou estuda é começar o curso teórico em um horário mais tranquilo, de preferência em horários de folga. 

Por exemplo, para quem quer tirar a primeira carteira de habilitação durante as férias o ideal é começar o curso mais cedo, para que os dias livres sejam reservados apenas para aulas práticas.

Ou seja, caso você possua na semana uma rotina corrida em seu emprego com desembaraço aduaneiro não deixe de focar em suas atividades e busque algo que seja flexível.

Outra dica para quem tem pressa é escolher um horário livre. Às vezes, o curso da tarde pode demorar um pouco para ser preenchido, por isso pode ser mais benéfico se matricular pela manhã ou à tarde.

Afinal de contas, administrar seu tempo para tirar a CNH é um passo totalmente necessário, pois assim você tende a focar exatamente no que é necessário, otimizando ao máximo o seu dia a dia e gerando até mesmo uma economia.

Estude bastante para as provas 

Essa é uma dica muito importante, pois pode determinar quanto tempo levará para chegar à CNH. 

Lembre-se que o tempo médio de repetição do exame é de um mês, ou seja, se você for reprovado muitas vezes na teoria, terá dificuldade para tirar a primeira carteira de habilitação mais rápido.

Uma forma interessante de responder a questão com mais precisão é responder a simulação oferecida pelo curso teórico. Eles o ajudarão a se aprontar para o teste e a entender melhor o material. É interessante fazer pelo menos um por dia conforme a prova se aproxima.

Se você não tem simulados suficientes, pode baixar o app do DETRAN e fazer o teste por lá – a vantagem é que seu resultado sai na hora e você pode saber se foi bem ou mal na avaliação.

Por isso, ao estudar e se preparar para essa prova você evita gastos desnecessários e até mesmo realiza uma espécie de treinamento de integração se mostrando pronto para tirar a carta e conseguir ter êxito diante das provas e testes realizados.

Reserve dias na semana para a prova prática 

Por fim, detalhamos dicas mais importantes para obter sua primeira licença mais rapidamente.

Em todo o caso deverá assistir às aulas práticas sem faltar a nenhuma delas. Assim, quem tem pressa pode agendar até três (duas) aulas no mesmo dia e assistir durante a semana em que houver mais vagas.

Por exemplo, se você só fazer aulas aos sábados, levará muitos dias para concluir o curso não considerando que a agenda costuma estar lotada nesses dias.

Por isso, se possível, tente marcar as suas consultas o mais cedo possível e durante a semana. Assim, será possível concluir o processo muito mais rápido sem perder nenhuma aula.

Por mais que você tenha que conversar com a empresa que você trabalha de tratores usados, pedir folga ou até mesmo alguns dias para a empresa pode ser o caminho para agilizar esse processo e tirar a sua CNH com muito mais rapidez.

Opções alternativas para a mobilidade 

Como foi até mesmo mostrado, o desejo de dirigir já não é algo tão grande diante da população, o que faz com que as pessoas optem cada vez mais por outros meios para atender às suas necessidades e conseguir se locomover.

Dessa forma, diante da tecnologia e dos meios que hoje já são existentes, de uma coisa temos certeza, seja qual for o lugar da cidade você conseguirá ir e chegar com segurança.

Com isso, confira algumas informações em relação à mobilidade urbana e tenha a sua disposição uma espécie de sistema de gestão integrada onde você tende a saber exatamente os locais em que você vai e a forma como chegar até eles. Confira!

Metrô 

É um dos modelos mais tradicionais de transporte público e compartilhado, aquele que mais faz a diferença na hora de movimentar grandes massas de pessoas. 

Mesmo que tenha picos de usuários em determinados horários. Esse é um dos modelos mais velozes para você evitar engarrafamentos e aproveitar ao máximo a cidade-estado. Vale ressaltar que o metrô foi eleito o melhor meio de transporte urbano de massa de São Paulo.

Ônibus 

Este outro modelo bastante tradicional e famoso ganhou um grande “reforço” para uso em grandes centros urbanos, com corredores exclusivos em diferentes pontos da cidade. 

Este modelo fez uma verdadeira revolução. Porque permite que você se mova mais em congestionamentos. Quanto mais pistas, mais pistas. Quanto mais as pessoas viajam para o seu destino de forma mais conveniente e rápida.

Ciclovias 

Essa forma de se locomover pela cidade ainda parecia tímida. Mas cresceu em popularidade nos últimos anos. 

Cada vez mais pessoas estão trocando o carro pelo “transporte misto” onde a bicicleta é a protagonista. Assim, as pessoas dividem espaço com outros modelos, como metrô e ônibus. 

Quanto mais ciclovias, mais as pessoas são incentivadas a usar a bicicleta em suas atividades durante a semana.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade