5 dicas para comprar a caixa de areia para o seu gato 

Tempo de leitura: 6 min

Escrito por gabriel
em fevereiro 10, 2023

Um gato exige diversos cuidados de seu tutor e um dos itens mais importantes para a higiene do animal e da própria residência é a caixa de areia. Apesar de parecer uma escolha simples, existem diversos detalhes que devem ser levados em conta.

Os gatos são ótimos animais de estimação. São carinhosos, divertidos e muito higiênicos, mas para isso, é preciso que tenha atenção a algumas de suas particularidades, como é o caso das caixas de areia.

Para aproveitar melhor o tempo com seu pet depois de um dia de trabalho com válvulas borboleta, por exemplo, o ideal é que tenha menos trabalho possível para organizar a casa e limpar as necessidades deles.

Quando o animal precisa fazer suas necessidades, é instintivo para eles esconder o que fizeram. Por isso, a caixa de areia é uma peça essencial para o bem-estar dele e para a sua qualidade de vida.

Esse instinto é natural para o pet, que desde os primeiros dias de vida começa a procurar um local específico para fazer as necessidades. Um ambiente limpo e organizado é muito importante.

A caixa de areia deve ser higienizada periodicamente, e trocar a areia é um ato que deve ser realizado sempre para que o animal continue se sentindo confortável de fazer suas necessidades no local certo.

Gatos costumam ser muito exigentes com relação a alguns itens especiais, desde alimentação até o tipo de caixa de areia que utilizam, e por isso é importante se atentar a alguns elementos básicos na hora de escolher a caixa para seu pet.

Isso faz com que você consiga passar mais tempo com seus animais de estimação na folga do trabalho com chave fim de curso, por exemplo. 

Escolhendo a caixa de areia ideal

Agora que já entende a importância de escolher uma caixa de areia, de acordo com as necessidades de seu pet, é fundamental saber como utilizar esse tipo de ação e identificar elementos importantes para a escolha.

Vale lembrar que cada gato é único e possui suas próprias peculiaridades. Por isso, é muito importante que essa escolha seja avaliada pelo pet também, que mostrará sinais claros de adaptação ou rejeição da peça.

Quanto mais se atentar a estes elementos, melhor será sua escolha de caixa de areia, garantindo mais qualidade de vida para o animal e mais higiene para a casa, que não ficará com as necessidades do animal espalhadas em um local com transformador isolador.

1 – Tamanho da caixa

O tamanho da caixa de areia é uma questão muito importante e deve ser pensada, de acordo com o porte de seu gato. Isso porque, se ele não couber na caixa, mesmo que ela seja de alta tecnologia ou confortável ele não a utilizará.

Gatos não se sentem confortáveis de fazer suas necessidades em um ambiente muito apertado, o que pode gerar uma série de problemas, tanto de os pets fazerem as necessidades fora do lugar quanto de não conseguirem fazer.

Por isso, é importante que você procure uma caixa de areia com um tamanho maior que o animal de estimação. O ideal é que a caixa tenha pelo menos duas vezes o tamanho do gato.

Por isso, é importante você tirar um dia de folga de seu trabalho com um lavador de gases, por exemplo, para observar os padrões e movimentações do animal de estimação.

Existem modelos padrões que se adaptam muito bem para felinos adultos em geral. Entretanto, alguns pets podem estar acima ou abaixo dessa média, o que se torna importante para avaliar esse tipo de situação.

As caixas de areia fechadas são uma escolha muito interessante para ambientes mais fechados da casa, e neste caso, é importante que o espaço dela permita que o gato se movimente livremente. 

2 – Praticidade e higiene

Outro ponto muito importante na hora de escolher a caixa de areia certa é definir se você prefere dar mais atenção para a higiene ou para a praticidade. Neste caso, a opção fica por conta do tutor.

Os gatos se adaptam bem a qualquer modelo de caixa de areia que tenha as particularidades que ele precisa, deixando mais espaço para que escolha como pretende lidar com essa compra ou até mesmo de uma outra rabeta de moto, por exemplo. 

Muitas pessoas gostam da caixa de areia aberta, que é mais fácil de limpar e de fazer a manutenção, além de ser um item que rapidamente os animais começam a utilizar, tornando-a uma excelente escolha.

Entretanto, por ser uma caixa aberta, os gatos podem jogar areia e sujeira para fora dela, deixando o ambiente menos higienizado. Por tentarem enterrar as necessidades, o excesso também acaba escapando para fora do ambiente.

Já as pessoas que optam por mais organização e higiene no ambiente, principalmente em casas com menos espaço, a opção de uma caixa de areia fechada é muito melhor e pode deixar o local mais limpo.

O primeiro ponto a se levar em conta nesse caso é o fato de a caixa conseguir reter todo o excesso que o gato usa para tentar cobrir suas necessidades, evitando que a areia vá para o ambiente que possui uma válvula de segurança.

Além disso, muitos modelos de caixa de areia fechada possuem neutralizadores de odor, impedindo que o xixi e o cocô do animal deixe o ambiente com mau cheiro e desconfortável.

Não se esqueça que, ainda que esse tipo de ação elimine o cheiro ruim da casa, isso não elimina a necessidade de higienizar frequentemente a caixa.

3 – Personalidade do gato

Os gatos são animais cheios de personalidade e padrões e isso tem um forte impacto na maneira como ele utiliza diversos utensílios da casa, como:

  • Caixa de areia;
  • Brinquedos;
  • Alimentação;
  • Afiadores de unhas.

Por isso, é importante se atentar a alguns detalhes com relação a personalidade do animal, antes de bater o martelo na compra de uma caixa de areia, principalmente se você não tiver certeza de que ele se adapta.

Alguns gatos são muito desconfiados e tendem a evitar locais que não tem familiaridade. Nestes casos, a escolha de uma caixa de areia fechada pode não ser a melhor opção.

O animal ficará muito mais confortável se tiver uma caixa de areia aberta, na qual ele consegue ver o ambiente ao seu redor e acaba se adaptando mais a esse tipo de atividade em um ambiente que tenha um compressor industrial, por exemplo. 

Animais mais curiosos e interessados em explorar novos locais podem sentir que a caixa fechada é uma área diferente e se interessar por explorar mais daquele ambiente que está sendo apresentado.

Por isso, é muito importante que você verifique como seu animal de estimação se comporta antes de bater o martelo com qualquer tipo de compra.

4 – Frequência de higiene

Por mais higiênicos que seus animais de estimação sejam, eles ainda dependem de você para que a caixa de areia seja limpa. Por isso, é importante escolher um modelo que se adeque a sua rotina.

O ideal é que a limpeza seja feita pelo menos uma vez por dia, e se possível, mais vezes. Leve em consideração o tempo que você tem à disposição para fazer esse tipo de ação antes de bater o martelo na compra.

Dessa maneira, você consegue uma escolha mais assertiva e relacionada diretamente a sua rotina diária, permitindo que decida corretamente o modelo e possa aproveitar com mais qualidade sua folga da empresa de chapas de cobre

5 – Preço do objeto

Uma questão muito relevante, mas que não está diretamente relacionada às necessidades do animal e sim às suas necessidades é o fator do preço.

Comprar uma caixa de areia é uma questão importante para cuidar de um gato, mas você precisa fazer isso pensando em manter seu orçamento em ordem, principalmente para outras situações que podem se apresentar.

Por isso, se estiver mais apertado, escolher uma caixa mais simples pode ser a melhor solução. Apesar de não ter todos os opcionais e outros itens, ainda é possível ter o objetivo principal que é dar mais conforto para o gato de estimação.

Considerações finais

Os cuidados com um animal de estimação são fundamentais para que eles possam ter uma vida plena e cheia de alegrias. Por isso, é importante se atentar às necessidades de cada pet.

No caso dos gatos, a caixa de areia é um item de higiene essencial, e por isso é importante fazer essa escolha de forma assertiva, para aproveitar melhor estes elementos e passar mais tempo de qualidade com o seu pet.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade