5 dicas para criar um blog institucional 

Tempo de leitura: 7 min

Escrito por gabriel
em abril 4, 2022

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

5 dicas para criar um blog institucional 

O blog é uma ferramenta muito útil em tempos atuais, principalmente pela sua facilidade de uso e pela possibilidade de colocar rapidamente novas informações, sem a necessidade de um conhecimento extenso em programação.

O mundo tem passado por um processo conhecido como transformação digital, no qual uma série de avanços tecnológicos tem tomado forma e se popularizado, permitindo que as estruturas de informação e de mercado se modifiquem profundamente.

Um destes elementos é a questão da presença na internet. Hoje, qualquer empresa de software de inteligência artificial que deseja se manter relevante no mercado deve ter uma postura aberta para o conteúdo digital, criando formas de se comunicar com esse tipo de público.

Existem diversos pontos a se avaliar quando você está pensando em criar um site institucional, e os blogs são uma excelente ferramenta para esse tipo de ação. 

Ainda assim, é preciso pensar em:

  • Plataforma de uso;
  • Hospedagem;
  • Domínio;
  • Configuração.

Com estes elementos, você consegue trabalhar mais adequadamente com seu blog institucional, podendo focar-se na produção de conteúdo e sua otimização para ser encontrado mais facilmente por motores de busca.

O marketing digital é focado na experiência do usuário, e isso se reflete em ações de impacto de sua empresa, que precisa compreender como alcançar seu público-alvo para otimizar suas ações, garantindo um blog sobre botão de comando muito mais funcional.

Essa comunicação através do blog é muito importante, porque diferente de outros canais como as redes sociais, trata-se de uma plataforma própria da empresa, onde ela tem muito mais liberdade para criar.

Você pode usar ferramentas multimídia, não tem uma limitação de caracteres e pode escrever com a frequência que desejar para manter seu blog institucional em atividade, garantindo uma estrutura adequada de atendimento para seu público.

Com o blog, você pode colocar informações relevantes acerca da empresa, de seus produtos e serviços, ajudando o consumidor a entender melhor o que ele está procurando é porque sua companhia é a melhor solução para ele.

O blog nesse aspecto funciona como uma plataforma de publicação, onde você pode colocar artigos, fotos e outros formatos de conteúdo para aproveitar o espaço e espalhar conhecimento sobre certificação de rede.

O perfil do cliente mudou nos últimos anos, e tem ficado cada vez mais proativo. Não há mais espaço para aquele consumidor que espera a informação chegar até ele. Hoje, um desejo de curiosidade e informação permeia o consumo como um todo.

Por isso, ter um blog de qualidade pode ser essencial para trabalhar com estes recursos de maneira adequada, apresentando informações relevantes para seus consumidores e tornando-os conhecedores mais profundos dos temas que você aborda.

Criando um blog institucional

Embora a importância desse tipo de ferramenta seja indiscutível, muitos empresários não sabem como fazer esse processo, nem mesmo por onde começar.

Dessa forma, é importante entender como essa ferramenta pode te ajudar e que passos são necessários para a criação em uma empresa de automação.

Vale lembrar que cada empresa é única no mercado, e muitas vezes, ainda que duas companhias estejam trabalhando em um mesmo segmento de atuação, elas podem ter resultados completamente diferentes com a utilização de um blog institucional.

O ideal nestes casos é trabalhar adequadamente com sua realidade, otimizando seus resultados para conseguir uma estrutura adequada de atendimento, comunicando-se mais diretamente com o cliente como um todo.

  1. Por que fazer um blog?

O primeiro passo é entender os motivos para você fazer um blog institucional, identificar seus objetivos e propósitos. É preciso saber onde você quer chegar usando esse tipo de estratégia.

Existem vários objetivos que podem ser levados em conta durante a criação de um blog institucional, sendo a comunicação com os consumidores apenas um deles.

Educar o mercado pode ser o foco de sua empresa de sistema de alarme, identificando a importância da solução que você apresenta.

Além disso, os blogs institucionais são importantes para que a companhia consiga um posicionamento melhor, demonstrando sua autoridade e relevância acerca de um determinado assunto.

Mesmo os produtos e serviços podem ser apresentados de forma mais detalhada, ajudando os consumidores a tirar dúvidas e resolver questionamentos sobre funcionalidade e qualidade desse tipo de interação.

Até mesmo a presença digital da empresa se torna mais efetiva, uma vez que você acaba tendo um espaço maior de comunicação dentro da internet como um todo.

  1. A escolha do nome e do domínio

O nome de seu blog institucional é uma decisão muito importante. Embora algumas pessoas utilizem o nome da própria empresa, essa é uma estratégia de baixo impacto nas redes, principalmente se houver um site ou outro canal de comunicação.

Diante disso, é interessante usar um nome que tenha a ver com a proposta da companhia, mas que chame a atenção do usuário para acompanhar o conteúdo, garantindo uma funcionalidade melhor para o blog de automação corporativa como um todo.

O ideal é identificar o modelo que funciona melhor para você e aplicá-lo com inteligência para gerar um trabalho mais efetivo a longo prazo com seu blog institucional. Já o domínio é outro ponto relevante.

Domínio é o endereço de seu blog, o termo que deve ser digitado para que o usuário entre diretamente nele, e que ficará na barra do navegador. Algumas empresas usam o próprio domínio do site principal, mas com um diretório específico.

Dessa forma, o domínio da empresa ficaria algo como “www.nomedaempresa/blog”. Por outro lado, algumas companhias preferem usar um subdomínio para o blog institucional, dando um ar mais autônomo para ele.

Nesse caso, é interessante escolher um nome diferente e que seja de fácil memorização para garantir acessos mais frequentes em seu material, conseguindo conquistar uma boa estrutura de comunicação sobre controle de acesso.

  1. Escolha de hospedagem

A hospedagem é um elemento fundamental para sua estrutura digital, uma vez que interage diretamente com a qualidade de seu site. Um provedor de hospedagem é responsável por manter sua estrutura online e funcionando.

Existem diversas opções no mercado para a hospedagem, desde os servidores dedicados, que possuem um custo mais elevado mas diversos benefícios para quem tem uma demanda técnica muito elevada, até servidores compartilhados, ideal para empresas menores.

Escolher seu provedor de hospedagem é importante para que você consiga compreender algumas informações importantes para seu blog institucional. Em um primeiro ponto, é preciso que o provedor ofereça estabilidade de conexão.

Os consumidores não costumam ficar muito tempo em sites que estão constantemente ficando fora do ar, por isso, você deve escolher uma opção segura para manter-se em atividade o tempo todo.

Além disso, a hospedagem garante a velocidade de conexão. Vivemos em uma era onde o tempo de atenção do consumidor é rápido, e após alguns milissegundos, ele desistirá e procurará outra opção para tirar suas dúvidas.

Por isso, é muito importante que você consiga utilizar esse tipo de atividade com calma e assertividade, escolhendo o melhor provedor para seus serviços em uma empresa de brinde.

  1. Plataforma de blog

Existem diversas plataformas disponíveis no mercado para estruturar seu blog. Estas ferramentas criam toda a base de programação, para que mesmo que você não saiba fazer essa parte técnica consiga utilizar o blog institucional.

Existem algumas plataformas mais padronizadas, ideais para pessoas iniciantes ou que não tem nenhum tipo de conhecimento para fazer alterações, e outras mais avançadas, com plugins que permitem uma série de alterações ao longo do trabalho.

Saber qual destes modelos escolher é muito importante para ter mais tranquilidade na hora de efetivamente realizar suas ações com um blog institucional.

  1. Layouts personalizados

Mesmo que seu foco seja a produção de textos, um layout diferenciado é muito importante para atrair o consumidor para seu material. Esse tipo de ação ajuda a tornar seu blog institucional mais atrativo para o consumidor.

Com um layout personalizado, você também consegue colocar as informações do jeito que preferir, trabalhando junto da identidade visual de sua empresa para criar algo único no mercado.

É interessante para o layout contratar um profissional especializado. Esse investimento acaba valendo a pena para evitar que você fique preso a templates prontos que são usados por diversas companhias.

Considerações finais

Ter um blog institucional pode ser uma excelente maneira de alavancar sua marca no mercado, possibilitando que você crie conteúdos relevantes e aumente seu potencial de engajamento com os consumidores.

Entretanto, é preciso planejamento e estratégia para criar esse tipo de material, e é muito importante que você consiga estruturar suas atividades para uma ação mais direta. Quanto mais você trabalhar com estes recursos, melhor.

As empresas que conseguem aplicar com qualidade a estrutura de um blog institucional podem conquistar um espaço de relevância no mercado, reafirmando sua autoridade e tornando-se uma liderança no nicho em que atuam.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.