A relação entre saúde bucal e distúrbios do sono

Tempo de leitura: 3 min

Escrito por isabella
em abril 17, 2023

A saúde bucal é um fator muito importante para o bom funcionamento de outras partes do corpo, e portanto, um ponto relevante para garantir que o paciente tenha qualidade de vida. 

Isso porque, alguns problemas derivados dos tecidos da boca podem afetar outros órgãos, até mesmo vitais como o coração, ou outros sistemas, como é o caso dos distúrbios do sono. 

Dessa forma, pacientes que apresentam situações como ter dentes desalinhados, desgaste das articulações, bruxismo, entre outros. 

Então, eles podem levar essa pessoa a desenvolver esses distúrbios noturnos, que consequentemente estão diretamente associados à má qualidade do sono. 

Nesse contexto, é importante destacar que devemos cuidar da saúde bucal tanto quanto cuidar da qualidade de nosso sono, já que esse momento do dia é essencial para a nossa saúde e desenvolvimento. 

Descansar é importante para repor as energias, revigorar o corpo e regular as emoções, além de garantir uma melhor qualidade de vida.

Sendo assim, antes de pesquisar a respeito de um clareamento dental caseiro onde comprar, confira a seguir tudo o que precisa saber a respeito da relação entre sono e saúde bucal. 

Assim como é preciso entender os problemas que são causados em detrimento dessa relação, como resolver e evitar essas questões para garantir uma vida bem mais saudável. 

O que é apneia obstrutiva do sono?

Você já ouviu falar em apneia do sono? Esse é um problema que conecta uma série de setores do corpo, como o sono, os tecidos bucais e até mesmo a respiração do paciente. 

Isso ainda mais em casos em que alguém faz o uso de um aparelho dentário invisível, por exemplo. 

Dessa forma, para quem não sabe, a apneia obstrutiva do sono nada mais é do que uma doença, considerado como uma dos principais e mais perigosos distúrbios. 

Isso porque, a sua principal característica é realizar obstruções repetitivas da garganta, o que causa paradas respiratórias durante a noite, o que faz o paciente sufocar. 

De acordo com especialistas, isso normalmente acontece devido a um relaxamento da musculatura da garganta e da língua durante o sono, levando a interrupção da passagem do ar. 

Portanto, além de ficar sem respirar, o paciente também apresenta sintomas como ronco, boca seca e cefaléia matinal. 

O perigo desse distúrbio está justamente em fazer com que o paciente pare de respirar, já que com a falta de oxigênio no cérebro, o corpo acaba aumentando a pressão arterial e uma maior propensão para doenças cardíacas. 

Como o sono se relaciona com a saúde bucal?

Uma vez que foi possível entender o que é a apneia do sono, chegou a hora de entender como essa doença se relaciona com problemas bucais que podem levar o paciente a precisar de um clareador de dentes, por exemplo. 

Em geral, essas doenças relacionadas ao sono levam o paciente a ter dificuldades de respiração e, portanto, acabar dormindo com a boca aberta. 

Dessa forma, a apneia acaba aumentando os riscos de doenças periodontais, uma vez que o ato de dormir de boca aberta e respirar por ela acaba diminuindo o fluxo da saliva e deixando a mucosa oral ressecada. 

Vale destacar que a boca ressecada aumenta as chances de gengivite e doenças periodontais, que são problemas bucais que podem levar a outros. 

Além de prejudicar a saúde bucal do paciente por completo, e sua qualidade de vida, mesmo que ele utilize prótese de porcelana, por exemplo. 

Quais as dicas para melhorar sua noite de sono e assim sua saúde bucal?

Uma vez que foi possível entender qual a relação entre a saúde bucal e os distúrbios do sono, bem como entender quais são os perigos que podem representar para a saúde como um todo e a qualidade de vida do paciente. 

Dessa maneira, confira a seguir algumas dicas de como ter uma melhor noite de sono e evitar a insônia.

  • Ter uma alimentação balanceada; 
  • Criar um ambiente calmo para dormir; 
  • Preparar-se para o dia seguinte com antecedência; 
  • Evitar consumir alimentos estimulantes como café, canela, pimentas e açúcar; 
  • Diminuir o uso de celular antes de dormir;
  • Tentar manter um horário regular.

Vale destacar que além de colocar as dicas em prática, é importante buscar um especialista e se certificar de que irá realizar os tratamentos para beneficiar o seu sono e sua saúde bucal, podendo até realizar procedimentos mais estéticos, como é o caso do clareamento consultório.
Para mais conteúdos relacionados à Marketing Digital, Cultura, Negócios, Saúde, acesse nosso portal.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade